Tudo sobre alarme residencial

JoaoH | 26 de outubro de 2018 | 2 | Dica , Solução

O alarme residencial é na verdade um conjunto de produtos de segurança que tem como objetivo prevenir e alertar sobre possíveis invasões ou furtos.

Esse sentinela incansável é muito popular em todos os tipos e tamanhos de imóveis, fora o fato de ser tremendamente eficiente no cumprimento do seu papel o alarme residencial também tem um excelente custo/benefício.  

Vamos ver agora os produtos que compõem o Alarme Residencial, descobrir sua finalidade e entender as características específicas de cada um.

Central de alarme

A central de alarme é a protagonista do alarme residencial já que nela será feira a programação do alarme e de como ele vai reagir a cada detecção dos sensores. É importante saber qual a necessidade de seu alarme para a escolha correta da Central.

A central é conectada a uma linha telefônica que vai ser responsável pela comunicação.

Podemos dividir em 2 categorias distintas as Centrais de alarme que são:

Central de alarme com discadora

Uma central de alarme com discadora possibilita não contratar um serviço de monitoramento e você mesmo fazer o monitoramento de seu alarme já que você consegue programar um número telefônico ou diversos os quais serão comunicados do disparo do alarme.

Quem opta por uma central de alarme discada tem algumas vantagens como:

  • Facilidade na instalação
  • Custo inferior da Central de Alarme
  • Não obrigatoriedade de contratar um serviço de monitoramento

Central de alarme monitorada

A central de alarme monitorada é a escolha mais segura para uma forte segurança de quem está disposto a empregar recursos para contratar uma empresa de monitoramento.

As vantagens da central monitorada são evidentes:

  • Monitoramento 24 horas
  • Recursos avançados pelo Smartphone como armar o sistema de alarme residencial
  • Monitoramento dos status de bateria dos sensores entre outros recursos

 

Lembrando que ambas centrais tem possibilidade de disparos via GPRS que é mais seguro caso ocorra corte da linha telefônica.

Sensores Infravermelhos.

Os sensores infravermelhos do alarme residencial são responsáveis por detectar movimentações nos ambientes que o alarme monitora. Vamos conhecer os modelos de sensores infravermelhos:

Sensor Infravermelho passivo

Como nome sugere este sensor não emite luz infravermelha ele é acionado através do sinal de calor emitido pelo corpo. Este sensor é comum em outras aplicações como acender e apagar luzes.

Sensor Infravermelho passivo não é indicado para locais com grandes variações de temperatura como próximo a janelas ou ar condicionado.

Sensor Infravermelho Ativo

Um dos mais comuns o Sensor de Infravermelho Ativo emite luz infravermelha e a recebe novamente qualquer objeto que cruze com essa linha de luz irá causar o acionamento do sensor.

O uso deste Sensor é muito comum em passagens como porta de entrada e corredores.

Sensor Pet

Com um nome bem sugestivo o sensor Pet é destinado para residências que tenham animais rasteiros. Este sensor tem classificação por Kg do animal ou seja no momento da escolha o consumidor precisa saber o porte do animal.

O Sensor Pet é extremamente eficiente para evitar falsos disparos provocados por animais de estimação. Porém ele não é indicado para ampla aplicação já que não capta movimentos no chão. A dica é restringir o uso em locais que seu Pet circule.

Sensor micro-ondas

O sensor de micro-ondas é um sensor com muita tecnologia embarcada ele consegue minimizar ao extremo os disparos falsos com um funcionamento engenhoso.

O sensor emite micro-onda que se chocam com os objetos do ambiente e as recebe de volta analisa a posição de cada objeto e só dispara com um movimento real e algum objeto no ambiente que causa uma ondulação nas micro-ondas chamado de efeito Doopler.

O sensor micro-ondas tem custo bem elevado mas é extremamente indicado para áreas externas para que se evite disparos falsos.

Sensores magnéticos

Não tão comuns mas com uma importância inegável os sensores magnéticos são um conjunto 2 peças que são fixadas em aberturas como portas ou janelas, uma das peças é fixada no batente e a outra na porta ou janela, assim que uma se afasta da outra o alarme é acionado.

Ótima opção para reforçar o sistema e Alarme Residencial.

Alarme residencial

Vimos que o alarme residencial é composto por uma central e sensores e que as opções de equipamentos são várias. É importante ter a real noção de qual sistema de alarme vai atender sua necessidade o pior cenário seria  um alarme que tem pontos cegos de passagem. Sem dúvida um sistema de alarme residencial com muitos disparos falsos pode dar nos nervos de qualquer um.

E você já escolhe quais equipamentos usar em seu alarme residencial?

Deixe seu comentário!

Protecseg Sistemas, sua segurança nosso compromisso.

Related Posts

1 thought on “Tudo sobre alarme residencial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Olá tem alguma sugestão de conteúdo? alguma duvida em que podemos lhe ajudar?

Entre em contato agora e nos diga como podemos ser melhores. Clique aqui e nos mande um Whatsapp